top of page
Search

MCP realiza dia de campo em Corredores Agroecológicos


O MCP realizou nesta quarta-feira, dia 18 de janeiro de 2023, Dia de campo, em Goiás, em parceria com pesquisadores da Embrapa Cerrados.

O objetivo da atividade é demonstrar técnicas e estratégias para a produção de sementes agroecológicas, atividade que vem sendo desenvolvida com sucesso na região de Catalão. Na ocasião, duas experiências de camponeses foram visitadas.

Os corredores agroecológicos são áreas individuais e coletivas em que faixas de cultivos alimentares são combinadas, temporal e espacialmente, com espécies de plantas de cobertura e outras de interesse local, compondo um sistema de consórcios e rotações.

A experiência é desenvolvida e replicada, pelo MCP, há mais de 10 anos! Nesse tempo de implementação da metodologia, com a fundamental contribuição de pesquisadores e pesquisadores, a produção de sementes crioulas agroecológicas também tem se fortalecido. Atualmente, a produção anual está em 250 toneladas de sementes agroecológicas que atendem mais de 20 mil agricultores familiares do estado de Goiás. São produzidas sementes de milho, feijão, arroz e plantas de cobertura (crotalária, feijão-de-porco, guandu e girassol). A maior parte é de milho (170 t), em seguida vem a produção de feijão (60 t), de arroz (10 t) e de plantas de cobertura (10 t).

A produção, desde 2010, vem sendo utilizada para democratizar o acesso às sementes crioulas e agroecológicas para diversas comunidades camponesas, em diversos estados brasileiros. Além de atender ao campesinato, o trabalho com as sementes do MCP já beneficiou comunidades quilombolas e povos indígenas.

Os corredores agroecológicos são essenciais para a melhoria na produção, como no processo formativo do campesinato, pois como afirma o pesquisador Altair Toledo, da Embrapa Cerrados, “Estruturadas dessa forma, as combinações de cultivos garantem a construção da fertilidade dos solos pelo aporte de matéria orgânica e exploração diferenciada de nutrientes, cuja ciclagem é promovida pelos sistemas radiculares e organismos associados, além de promover o controle biológico de infestantes, insetos e fitopatógenos”.

Como estratégia fundamental para a produção de sementes crioulas, os corredores agroecológicos são possibilidades para que os camponeses garantam a soberania alimentar e a produção de comida, em pequenas faixas de terra, ao mesmo tempo em que conservam os recursos naturais.


Camponeses e Camponesas em Luta por Soberania Alimentar e Poder Popular!

Não às contaminações!


Semente é história, direito e futuro!



Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page